Meio Ambiente na RPPN / Sagüi-da-serra (Callithrix flaviceps)


Sagüi-da-serra (Callithrix flaviceps)

 

Classe:

Mammalia

Ordem:

Primates

Família:

Callithrichidae

Nome científico:

Callithrix flaviceps

Nome vulgar:

Sagüi-da-serra

 

Características: É uma espécie endêmica da Mata Atlântica, possui coloração geral do corpo cinza-acastanhado-claro, com os lados da face castanho-acinzentado-claro. Possui pêlos com faixa basal em tom que vai do cinza escuro ao negro, tornando-se mais claros nas extremidades, apresentando pequenas manchas acima dos olhos. Já o dorso possui padrão estriado de coloração, com faixas castanho-escuras alternando-se a faixas cinza-claras. A garganta, o peito e o ventre são em tom amarelo-acastanhado-claro, pontilhado de cinza-escuro a negro; membros posteriores e anteriores, sem estrias, pés e mãos amarelo-acastanhados, pontilhados de cinza-escuro.

Vive em grupos que variam de tamanho entre cinco a quinze indivíduos com apenas uma fêmea reprodutiva por grupo.

A vocalização é distinta das demais espécies. (MACHADO et al., 2008).

 

Dieta: A dieta  dessa espécie é composta 20% por insetos, especialmente da ordem Orthoptera, pela goma de oito espécies arbóreas (especialmente Acacia paniculata e Anadenanthera peregrina), pequenos vertebrados, ovos de pequenas aves e frutos.

 

Peso: de 250 a 600 gramas

 

Ocorrência Geográfica: Ocorre atualmente em populações reduzidas e isoladas por ações antrópicas em matas disjuntas, sempre acima de 500 metros nas regiões de Mata Atlântica do estado do Espírito Santo (centro sudoeste e região serrana) e em pequenas áreas adjacentes à leste de Minas Gerais e extremo norte do Rio de Janeiro.

 

Categoria/Critério: Classificação da IUCN: em perigo. Anexo da CITES: I. Causas de extinção: destruição do habitat, área de distribuição restrita, populações pequenas e isoladas e em declínio.

 

Fatores de Ameaça: Perda/fragmentação do hábitat, restrita distribuição, introdução de espécies exóticas.

 

Cientista que descreveu: Thomas, 1903

 

Observações adicionais: Alguns primatólogos acreditam que o número de primatas ameaçados pode chegar a 40 espécies, estando algumas delas, já em estado crítico de ameaça. Sem dúvida, neste caso podemos enquadrar o sagüi-da-serra (Callithrix flaviceps) como um dos Calitriquideos mais ameaçados devido à destruição e fragmentação de seu habitat.

 

-----

Fonte: ICMBio/Ambiente Brasil

 

Kaki Mudas
RPPNWEB
Habitatil
Prefeitura de Vargem Alta
Ibama MMA
ICMBio
Conservação Internacional
SOS Mata Atlântica
The Nature Conservancy

São Benedito - Zona Rural

Cep 29295.000 - Vargem Alta - Espírito Santo - Brasil


© 2016 - RPPN Mata da Serra - Vargem Alta - ES. Todos os direitos reservados